Menu
Logo da Etesco Construções

Gestão de facilities na construção civil: Quais as vantagens?

Atualizado em 20/07/2021
Tempo de leitura: 2 min.
Ao fundo da imagem, há um engenheiro com uma pracheta na mão olhando em direção a uma obra.

Olhar somente para o curto prazo. Essa é uma característica muito comum, mas que pode apresentar riscos, principalmente para a área da construção civil, podendo gerar muitos problemas em obras que precisariam ter uma longa duração, e acabam se mostrando frágeis depois de poucos anos. Para eliminar de vez esse tipo de problema, existe um conceito chamado Gestão de Facilities. No post de hoje, vamos falar um pouco mais sobre o tema e suas vantagens. Acompanhe!

Afinal, o que são facilities? 

Antes de entrarmos no conceito de gestão de facilities, precisamos entender, justamente, o que são os facilities. Talvez este nome seja um pouco confuso, e esteja associado a algum tipo de facilidade. Porém, este não é o caso. O termo ‘facilities’, vem do inglês ‘instalações’.

Diante disso, temos então a gestão de instalações, que deve te ajudar a ter uma ideia melhor do tipo de trabalho que a gestão proporciona. É possível, então, associá-la com manutenção predial, por exemplo, manter em ordem as instalações de uma edificação, seja residencial ou comercial, considerando a parte hidráulica, elétrica, pintura, limpeza, manutenção, entre outros.

As principais vantagens

Ao pensar na gestão de facilities para construção, logo vem à mente: tempo é dinheiro! Vamos explicar agora, exatamente, o por que vale a pena implantar esse tipo de gestão na construção civil. Os motivos que são mais relevantes, possuem ligação com indicadores de sucesso para qualquer empresa.

Produtividade

Quando você investe na gestão de facilities para sua empresa, você gasta menos tempo com a manutenção, e ainda pode utilizar a edificação para o propósito dela, uma vez que, sempre que um prédio, sendo ele residencial ou comercial, fica parado em reformas, a experiência de quem o ocupa, é prejudicada. Isto significa que uma boa gestão de facilities pode transformar o trabalho de manter esse local em funcionamento, em uma tarefa mais fácil, mantendo o prédio em ótimo estado sem prejudicar as atividades diárias.

Tranquilidade

Não existe ninguém que goste de trabalhar ou viver em um caos, o que remete muito a um prédio que não apresenta a devida gestão de instalações. Quando existe organização, os processos são estruturados, e há uma força de trabalho qualificada por trás da manutenção, com a tranquilidade de saber que o trabalho está sob controle.

Economia

E por fim, a economia é mais um benefício da gestão de facilities, ou seja, economizar dinheiro reduzindo consertos maiores. Quando é mantido um planejamento de longo prazo, a economia se torna expressiva ao longo do tempo, pois as instalações irão durar muito, e será difícil algum problema aparecer.

Mas, é importante lembrar que, principalmente no início, terá que ser feito um investimento na gestão, como por exemplo, contratar profissionais e um bom sistema de ERP, além de treinar as equipes para realização das manutenções básicas de prevenção.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a gestão de facilities, deixe o seu comentário abaixo e conte-nos o que achou do conteúdo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O graute é um tipo de argamassa ou concreto específico que apresenta uma consistência um pouco mais fluida. Saiba onde ele pode ser aplicado!
Ler Mais
Entre as patologias mais comuns da construção civil estão as rachaduras e fissuras. Mas, será que elas são a mesma coisa? Entenda as diferenças!
Ler Mais
1 2 3 56

© ETESCO, 2022. Todos os direitos reservados. | Desenvolvido por Surya Marketing Digital.