Menu
Logo da Etesco Construções

Cronograma de execução de obras: Aprenda a elaborar e cumprir prazos

Atualizado em 20/07/2021
Tempo de leitura: 2 min.
Ao fundo da imagem, há papéis com cronograma da construção civil.

Sem dúvida, o cronograma de execução de obras é uma das principais preocupações e pilares de qualquer projeto, uma vez que, quando a equipe passa a segui-lo à risca, ele pode ser fundamental e determinante entre o sucesso ou o fracasso do trabalho. Pensando nisto, elaboramos o post de hoje, para que você saiba como é feito um cronograma de execução de obras e como ele pode ajudar a cumprir prazos.

A importância do cronograma de execução de obras

O profissional de gerenciamento de obras sabe como é fundamental colocar tudo em um papel, ou cadastrar em softwares todo o material utilizado. Além disso, os atrasos também deverão ser identificados com antecedência para evitar maiores problemas.

É aí que entra o cronograma de execução de obras, que em resumo, é o planejamento, as etapas determinadas para as atividades da construção, controlando as datas de entrega.

Geralmente, os melhores cronogramas são aqueles que registram tudo! Além de incluir alguns pontos, como a previsão de conclusão das tarefas, informações relativas de orçamento e documentos da obra, como será a execução e qual a previsão para finalizá-la.

Por mais que exista esse controle, muitos fatores ainda poderão gerar atrasos, por isso é importante ser firme com relação a esse cronograma. Às vezes, nem todo imprevisto poderá ser controlado, mas o cronograma ajudará a prevenir essa questão, agindo com rigor ao calendário da obra.

Elabore um cronograma de forma correta 

O cronograma de execução de obras é basicamente a materialização do planejamento de todo o projeto, onde estarão reunidas as informações mais importantes, conforme dito anteriormente.

Todos os dados devem ser inseridos em uma planilha, onde as tarefas poderão ser especificadas, além de custos e prazos para a conclusão da obra. Em geral, tudo isso deve ser descrito de maneira cronológica, ou seja, começando por tarefas preliminares para depois seguir com os processos de acabamento.

É importante que o cronograma seja realista, ou seja, de nada adiantará tentar bater recordes na entrega, e cometer atrasos nas demais etapas. Lembre-se que, atualmente, existem soluções tecnológicas para ajudar a evitar possíveis atrasos nas obras.

Agora que você já sabe como funciona o cronograma, deixe seu comentário sobre o assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O graute é um tipo de argamassa ou concreto específico que apresenta uma consistência um pouco mais fluida. Saiba onde ele pode ser aplicado!
Ler Mais
Entre as patologias mais comuns da construção civil estão as rachaduras e fissuras. Mas, será que elas são a mesma coisa? Entenda as diferenças!
Ler Mais
1 2 3 56

© ETESCO, 2022. Todos os direitos reservados. | Desenvolvido por Surya Marketing Digital.