BLOG

Infraestrutura: a importância e os principais desafios

O conceito de infraestrutura

Você sabe o que é infraestrutura? De maneira geral, é possível dizer que a infraestrutura é o conjunto de elementos que estimulam o desenvolvimento socioeconômico de uma determinada região ou país.

Existem quatro áreas que influenciam no deslocamento de pessoas e mercadorias, e que auxiliam no processo produtivo do local, resultando em crescimento econômico. Essas áreas são:

Transporte: Inclui o investimento em mobilidade urbana e construção de estradas, ferrovias, aeroportos, hidrovias, sendo fundamental para o desenvolvimento da economia.

Saneamento: Fornecimento de água tratada, coleta e tratamento do esgoto doméstico e industrial, além da limpeza das vias públicas. Esses serviços são essenciais para o bem estar da população.

Energia: Principal serviço de infraestrutura, tanto da geração quanto da distribuição da mesma, uma vez que é importante abastecer as residências, empresas e indústrias.

Telecomunicações: A troca de informações entre as pessoas e as empresas de diversos locais é essencial para a realização de negócios, e isso pode ser feito por meio de celulares, telefone fixo, rádio, internet, etc.

Veja também:  Benefícios Econômicos e Sociais da Expansão do Saneamento básico

 

A importância da infraestrutura

A infraestrutura é um fator essencial para o desenvolvimento socioeconômico de um país, pois é através dela que as empresas desenvolvem seus negócios. Se isso não acontece, acabam faltando empregos, a inflação sobe (como consequência da alta no valor de itens), e outras operações comerciais. Tudo acaba sendo prejudicado de alguma maneira.

Por conta disso, é fundamental que os outros quatro elementos já citados, caminhem lado a lado, pois um complementará o outro. Por exemplo, estradas que estão em boas condições reduzem o tempo de viagem e o preço final dos produtos.

Quando existe um investimento em usinas, isso eleva a oferta de energia e torna viável o aumento de produção nas empresas. E, quando acontece o aumento da produção, logo impacta diretamente no número de novos empregos, o que reduz a pobreza entre a população.

Além de todos esses fatores, quando as residências estão abastecidas por redes de água e esgoto, a incidência de doenças diminui. Sem contar a comunicação, que agiliza a busca por matéria-prima e negociações de modo geral.

 

Os principais desafios

A infraestrutura é considerada uma das mais importantes áreas de atuação também do setor público, sendo um dos principais desafios governamentais, uma vez que não faltam obras para serem executadas, e isso demanda um esforço maior e planejamento.

O Índice Global de Investimento em Infraestrutura revela que países como Cingapura, Catar e Canadá são os mais atraentes para os investidores de infraestrutura. Esse estudo leva em conta algumas questões, sendo elas o PIB per capita, os impostos, a política, o financiamento, e o que já existe de infraestrutura.

No Brasil, ainda são necessários alguns ajustes, mas mesmo diante disso, a infraestrutura econômica já está sendo, e pode se tornar ainda mais, o ponto principal de crescimento econômico do país.

Existem vários exemplos de experiências bem sucedidas pelo mundo, onde o Brasil pode se espelhar. Por exemplo, ao invés de pensar em novas obras, aprimorar o que já existe. Esse foi o caso do Reino Unido, onde foi alcançada uma redução de 25% no tempo de transporte de pessoas e de mercadorias, diminuindo 50% dos acidentes.

Também é importante pensar em reduzir o tempo de aprovação de obras, principalmente de logística, para diminuir também os custos, como feito na Austrália.

Veja também: Construção de rodovias: Entenda o procedimento.

Diante de todas essas informações é possível concluir que todos esses investimentos são extremamente necessários, e devem ser planejados para que o país se desenvolva de maneira positiva econômica e socialmente.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *